domingo, 13 de novembro de 2016

UM POUCO DA UMBANDA EM PORTUGAL

No dia 11 de novembro de 2016 recebemos, na Cabana de Pai Benguela, a visita das queridas irmãs Cristina e Vanessa do Templo de Umbanda Pai Oxalá, da cidade de Braga, Portugal.
A Umbanda tem crescido significativamente nos últimos vinte anos em Portugal. Um dos terreiros de referência no país é o ATUPO, que conta com aproximadamente uma centena de médiuns em sua corrente. Os atendimentos ocorrem aos sábados à tarde. A instituição publica o periódico Jornal Umbandista Português – Fundamento que trás importantes matérias elucidativas sobre a nossa religião. No site institucional encontramos o relato de como se formou o terreiro.





Do ontem ao hoje – A caminhada


O Fundamento, agosto de 2009, n. 4

Pai Cláudio de Oxalá iniciou sua caminhada na Umbanda com sete anos, acompanhado de sua mãe, que tinha raízes espíritas em Portugal e, que se tornou uma assídua frequentadora de Centros de Umbanda, desde que chegou ao Brasil em 1972.
Pai Cláudio, ainda adolescente, foi iniciado em uma corrente umbandista, localizado em um sítio no interior de São Paulo sob o comando de Nancy de Iansã que, por alguns problemas particulares, não pode dar continuidade aos trabalhos, entregando ao seu Pai João Carlos a guarda de seus filhos de santo. Após alguns anos, Pai Cláudio foi iniciado no Candomblé com Azamorumji de Santos, em São Paulo. Em 1991, foi para Portugal a fim de fazer alguns cursos técnicos e retornar ao Brasil. Nesta estadia, deu inicio a um trabalho de assistência, em sua casa na cidade de Braga, onde nasceu o Templo de Umbanda Pai Oxalá (hoje ATUPO). Após estes acontecimentos, tomou a decisão residir definitivamente em Portugal.
Em 1996, foi contatado por um grupo que desenvolvia um trabalho em uma corrente espiritualista, mas, que por terem muito interesse em aprofundar conhecimentos sobre a Umbanda, quiseram conhecer o trabalho por ele desenvolvido. Assim e, por terem como objetivo comum aprofundar conhecimentos, aprender e desenvolver trabalho que tivesse como causa principal a prática de caridade, uniram-se  afim de juntos desenvolverem um melhor trabalho.
Com base nesse sentimento comum, nesse mesmo ano, abriram a segunda sede do Templo de Umbanda Pai Oxalá no bairro de Ferreiros, Braga, com atendimento ao público. Após três anos, devido à falta de condições e espaço, para atender o elevado número de pessoas da assistência, O Templo de Umbanda Pai Oxalá mudou a sua sede para um espaço bastante maior, no lugar chamado Sete Fontes, também na cidade Braga.
No dia 19 e 20 de janeiro de 2008 foi inaugurada a sede própria da ATUPO (Associação Templo de Umbanda Pai Oxalá).

Nenhum comentário: