quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

LANÇAMENTO

Foi lançado hoje, pela EDITORA DO CONHECIMENTO, o livro "Feitiços e Feitiçaria no Segundo Império do Brasil".
O livro pode ser adquirido no site http://edconhecimento.com.br


Sinopse: A feitiçaria brasileira, “precursora” da macumba, é o tema principal deste livro e assunto dos mais palpitantes para os adeptos dos cultos afro-brasileiros e outros segmentos religiosos. A feitiçaria brasileira é, em parte, uma herança da colonização portuguesa no Brasil, bem como dos negros que aqui chegaram escravizados e algumas das práticas místicas dos índios. Nesta obra, o pesquisador Diamantino Fernandes Trindade mostra a convergência entre a feitiçaria, a macumba e a bruxaria. Faz o resgate de matérias, artigos e reportagens de diversos periódicos cariocas e de outros estados sobre a feitiçaria durante o Segundo Império brasileiro e sua “transição” para a macumba nas primeiras décadas do século vinte. Antes dos temas relativos à feitiçaria, macumba e bruxaria, ele apresenta alguns artigos que fornecem subsídios para o entendimento das matérias históricas resgatadas, como o Calundu, o Candomblé Colonial, e Pai João de Camargo, de Sorocaba, médium excepcional, que foi retratado no filme Cafundó, com Lázaro Ramos em seu papel. Destaque especial para o célebre feiticeiro da corte brasileira, Juca Rosa, sua prisão, o processo e a condenação que fizeram correr rios de tintas nos jornais cariocas. Destaca também as famosas perseguições policiais contra os terreiros dos feiticeiros, macumbeiros e bruxos. Uma rica galeria de imagens encerra esta obra.


 

Nenhum comentário: