domingo, 18 de abril de 2010

UMBANDA NA MÍDIA - PARTE 6




Diamantino Fernandes Trindade




No portal <http://povodearuanda.com.br/> encontramos importante matéria do nosso irmão Alex de Oxóssi que mostra o abnegado trabalho de Edenilson Francisco e Renato Henrique Guimarães Dias, que resgataram um aspecto da vida profícua de Zélio de Moraes, que não se dedicava apenas à Umbanda, nos arquivos do Jornal Gazeta de São Gonçalo.
No portal podemos ler o texto Centenário da Umbanda, de Jorge Cesar Pereira Nunes. Em um dos trechos da matéria, o autor explica:

Zélio, entretanto, não se dedicava apenas à sua crença. Como era norma não receber recompensa pelo bem distribuído, dedicava-se às atividades profissionais normais, assumindo os negócios de seu pai, e fez uma incursão na política, elegendo-se vereador em 18-05-1924 e empossado em 10 de junho seguinte. Foi reeleito para um segundo mandato em 10-04-1927, empossado no dia 30 seguinte e escolhido por seus pares, na mesma data, para secretário do Legislativo gonçalense. Após cumprir o mandato de três anos, afastou-se da política. Quando de seu falecimento, a Câmara Municipal deu seu nome à Rua Vereador Zélio de Moraes, no bairro de Mangueira.
As imagens a seguir mostram a manchete do jornal A Gazeta de São Gonçalo sobre os candidatos do partido governista para as eleições municipais de 1929. Agradeço ao irmão Alex de Oxóssi pelo envio das imagens.

Nenhum comentário: