domingo, 18 de abril de 2010

UMBANDA NA MÍDIA - PARTE 7







Diamantino Fernandes Trindade






Continuando nosso resgate sobre a Umbanda na mídia apresento uma curiosa reportagem publicada pelo Jornal da Tarde, de São Paulo, de 20/05/1992, onde um desonesto Pai de Santo levou três tiros:

Tudo por causa do Caboclo Cabeludo

O Pai de Santo Erasmo Ribeiro, 21 anos, pode pegar de um a três anos de prisão, caso seja comprovado crime de posse sexual mediante fraude contra Lucinéia da Hora, 18 anos. Erasmo está no Hospital Nardini, em Mauá, com ferimentos provocados por três tiros. O autor dos disparos é o companheiro de Lucinéia, Luiz Antonio Germano, 27 anos, que descobriu que o pai de santo, dizendo-se incorporado por entidades, manteve relações sexuais com ela.
Segundo apurou a polícia, Lucinéia foi procurar Erasmo, “com problemas” com o marido. O pai de santo, então, incorporou a pomba-gira e ordenou à moça que ficasse nua. Em seguida, Erasmo passou mel por seu corpo e, incorporado por um espírito masculino, o “Caboclo Cabeludo”, a lambeu e manteve relações sexuais com ela. O marido acabou descobrindo tudo e resolveu ajustar contas. Na noite de anteontem, Luiz, Lucinéia e dois amigos dirigiram-se à casa do pai de santo. Mesmo incorporando a pomba-gira, Erasmo não conseguiu se livrar dos três tiros.
Quero registrar a minha homenagem ao irmão Demétrio Domingues, desencarnado em 2007, que por mais de dez anos publicou Umbanda em Revista, publicada pela Associação Paulista de Umbanda, com periodicidade mensal, onde divulgava os principais eventos umbandistas brasileiros, além de possibilitar que outros irmãos pudessem se manifestar por meio de suas matérias.
O número 117 apresenta uma reportagem relativa ao 6o Encontro de Chefes de Terreiro realizado pela Associação Paulista de Umbanda em 1985. Nesse evento Diamantino Fernandes Trindade representou a Federação Umbandista do Grande ABC e proferiu palestra sobre as origens da Umbanda no Brasil.
Umbanda em Revista circulou, com distribuição gratuita, durante 10 anos até 1985. Em abril desse ano, Demétrio Domingues uniu forças com o conceituado editor Bartolo Fittipaldi e a DINAP [1] para lançar a Revista Umbanda Verdade que era uma versão ampliada e melhor elaborada de Umbanda em Revista. Infelizmente teve vida curta.

[1] Distribuidora Nacional de Publicações - Empresa do Grupo Abril.

2 comentários:

Eduardo Stefanelli disse...

'O perigo do médium homem é a consulente mulher; do médium mulher é o consulente homem. É preciso estar sempre de prevenção, porque os próprios obsessores que procuram atacar as nossas casas fazem que toque alguma coisa no coração da mulher que fala ao Pai de Terreiro, como ao coração do homem que fala à Mãe de Terreiro. É preciso ter muito cuidado e haver moral, para que a Umbanda progrida.'

Caboclo das Sete Encruzilhadas

Diamantino F. Trindade disse...

Bem observado meu irmão. Como é importante conhecer a história!